terça-feira, agosto 30, 2011

DEIXA DEUS JUNTAR OS CACOS....


Link
Sou BARRO, VASO feito e transformado pelo grande OLEIRO, GRANDE ARTESÃO.
As vezes na MESA, as vezes no CANTO,as vezes no CHÃO, mas sempre VASO.
Às vezes, chamo atenção pela BELEZA...as vezes, me ESCONDO....PECO.
As brechas abertas pelos erros, falhas, escolhas,me fazem RACHAR...escoa o ÓLEO.
Uma brecha aqui...outra ali, e o vaso perde a FIRMEZA...FRACO.
Um dia...vi um pedaço de mim no chão mas, o vaso ainda estava na MESA.
Mas...o OLEIRO me viu de longe...ordenou ao seu moço que me pegasse juntamento com o pedaço.
Ao me tocar, sentir o vaso umedecer com o óleo...era um TOQUE diferente.
Quando colocou o MEU PEDAÇO no lugar...disse: CUIDE-SE.
Voltei à MESA.
Recebi flores... ÁGUA que me REFRESCAVA...O TEMPO passa...
Derrepente, sem me aperceber, uma brechinha lá no fundo começava a se mostrar.
E numa velocidade tamanha...não conseguia parar...era o NÃO querer dentro de mim mas...o BARRO dizia SIM.
Brechas...brechas...várias brechas...não podia conter a ÁGUA, o ÓLEO...Estraçalhada.
CACOS pelo CHÃO...não me via...onde estava?! o que fiz de mim?! DOR...
Onde está o OLEIRO?!!!
Tentava juntar os pedaços.esforçava-me...FIQUEI SÓ.
Dias e dias lutando contra o erro, contra o EU...o ACHO.
Quando não conseguia mais ver os pedaços de mim...me vi PÓ.
UM SOPRO....UMA BRISA...UM FOGO...ÁGUA...ÓLEO...UMA VOZ MANSA E DELICADA ecoa bem longe e sinto cada PEDAÇO de mim se juntando.Via apesar da fraqueza, que o OLEIRO sabia o lugar certo de cada pedacinho.QUEIMANDO...RESTAURANDO...PURIFICANDO.
Quando me vi...ERA VASO TRANSFORMADO.

Clélia
Continue lendo >> Deixe seu comentário

sexta-feira, agosto 26, 2011

Quando Deus diz: NÃO

Existem muitas formas de percebermos quando Deus está nos dizendo NÃO, e devemos estar atentos (muito atentos) a cada uma delas. Tenham certeza de que não nos será nada bom insistirmos em viver algo para o qual o nosso Pai e Senhor que tanto nos ama diz não! Portanto, quando aquela luzinha vermelha do não de Deus começar a piscar, PARE. Não queira continuar por esse caminho. Ele não será o melhor para você. 

NÃO NEGLIGENCIE OS NÃOS DE DEUS! Se os aceitarmos, confiantes no Senhor, experimentaremos a grandiosidade e a indizível expressão de AMOR, CUIDADO, ZELO do nosso Pai e Salvador para com nossas vidas que se faz presente nestes “NÃO’s”! Não precisamos chorar, ficar bravos ou desesperançosos quando recebemos um deles. Sem dúvida, um dia perceberemos o quanto eles são MARAVILHOSOS!


“O coração do homem pode fazer planos, mas a resposta certa dos lábios vem do Senhor” (Pv. 16.1)
Continue lendo >> Deixe seu comentário

segunda-feira, agosto 22, 2011

Marido, ame a sua esposa



“Marido, ame a sua esposa, assim como Cristo amou a Igreja e deu a sua vida por ela. Ele fez isso para dedicar a Igreja a Deus, lavando-a com água e purificando-a com a sua palavra. E fez isso para também pode trazer para perto de si a Igreja em toda a sua beleza, pura e perfeita, sem manchas, ou rugas, ou qualquer outro defeito.” (Efésios 5: 25-27)



Diante de uma realidade em que os homens são os violadores da pureza das mulheres, são aqueles que causam as manchas e rugas e frustrações e amarguras e tantos outros defeitos, Deus revela em Sua Palavra que o Seu chamado para os homens é exatamente o oposto.

Homens, SUA MISSÃO é dedicar-se para que sua noiva (namorada/esposa/futura-esposa) aproxime-se de você PURA E PERFEITA. Essa é uma luta que deve ser chefiada por VOCÊ! Esse deve ser um OBJETIVO seu! Ou seja: Deus criou você para ser o guardião, e não o violador, da pureza, da santidade, da verdadeira beleza da mulher que Ele confiar a você!



Vivam como Deus os chamou para viver e vocês poderão provar da plenitude da felicidade, e da revelação desta gloriosa relação de Cristo para conosco, que o Senhor planejou para o casamento.





Continue lendo >> Deixe seu comentário

quinta-feira, agosto 18, 2011

Simplesmente AMOR...


“E eu passo a mostrar-vos ainda um caminho sobremodo excelente.”
(I Co. 13:1)
“Porque Deus AMOU o mundo de tal maneira que deu o Seu Único Filho
para que todo aquele que nEle crer não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 3:16)

“Novo mandamento vos dou: que vos AMEIS uns aos outros;
assim como eu vos AMEI, que também vos ameis uns aos outros” 
(João 13: 34)

“Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos:
se tiverdes AMOR uns aos outros” (João 13:35)

“O AMOR jamais acaba; mas, havendo profecias, desaparecerão;
havendo línguas, cessarão; havendo ciência, passará" (I Co. 13:8)

“Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três;
porém o maior destes é o AMOR” (I Co. 13: 13)
“Se não tiver AMOR, nada disso me aproveitará” (I Co. 13:3)

Se pudermos resumir em UMA PALAVRA toda a mensagem de Deus, em Jesus Cristo, manifesta a nós através das Sagradas Escrituras, sem dúvidas esta palavra é AMOR.

AMOR foi o que guiou TODA a história de Deus com os homens e com este mundo até aqui. Foi AMOR o que fez com que Ele escolhesse um povo para ser seu e, paulatinamente, mesmo em meio a tanto pecado e a tantos desvios, preparasse esse povo para receber o seu Grande Salvador final. Foi AMOR o que fez com que Deus mandasse um Salvador para este mundo, a fim de resgatar a estes seres tão pecadores que somos nós, ainda que não merecêssemos. Foi AMOR o que fez Jesus morrer em nosso lugar. Foi AMOR que fez com que, ao voltar para o Pai, nosso Senhor mandasse seu próprio Espírito para habitar em nossas vidas. Foi AMOR o que Ele nos mandou viver. Foi AMOR A SUA GRANDE MENSAGEM.
Continue lendo >> Deixe seu comentário

domingo, agosto 14, 2011

Alda C. ensina como nos ungir...

Continue lendo >> Deixe seu comentário

quinta-feira, agosto 11, 2011

Pai Ideal


20 dicas para quem deseja ser um Pai Ideal!
PR. Josué Gonçalves
1. Declare seu amor ao filho.
2. Desenvolva a auto-estima do seu filho.
3. Seja amigo pessoal do seu filho.
4. Ouça com o coração o coração do seu filho.
5. Peça perdão sempre que errar com o filho.
6. Conte sua história ao filho.
7. Não abra mão da disciplina sempre que for necessário.
8. Não anule o efeito da disciplina.
9. Cumpra suas promessas.
10. Respeite as emoções do filho.
11. De carinho, porém imponha limites.
12. Supervisione seu filho quanto à internet.
13. Conheça os amigos dos seus filhos.
14. Ensine-os a amar a igreja, sendo um cristão exemplar.
15. Treine seu filho para ser um vencedor.
16. Não super proteja.
17. Procure praticar o que você ensina.
18. Cuidado com o seu nível de estresse.
19. Seja ame e seja fiel a mãe dele.
20. Não repita os erros dos seus pais.

Recados Para Orkut
Continue lendo >> Deixe seu comentário

quarta-feira, agosto 10, 2011

Coragem...


Quando as lágrimas caírem, não pense que é para desistir. Elas purificam tudo o que dói dentro de você, é com elas que você vai aprender a lidar com seus problemas.
As lágrimas podem até te ajudar a superar suas fraquezas, mas de nada servem sem a coragem. Se tiver coragem, todos os dias de sua vida se tornarão uma aventura.
Não tenha medo de ser feliz, abra seus olhos e veja que basta você querer e ter a coragem de seguir.
Atreva-se,corra o risco, sonhe, VIVA!
O mundo está em suas mãos, basta ter !
Continue lendo >> Deixe seu comentário

segunda-feira, agosto 08, 2011

Quando Deus fica em silêncio...

 "Então veio um vento fortíssimo que separou os montes e esmigalhou as rochas diante do SENHOR, mas o SENHOR não estava no vento. Depois do vento houve um terremoto, mas o SENHOR não estava no terremoto. Depois do terremoto houve um fogo, mas o SENHOR não estava nele. E depois do fogo houve o murmúrio de uma brisa suave. Quando Elias ouviu, puxou a capa para cobrir o rosto, saiu e ficou à entrada da caverna." (1 Reis 19: 11-13)

Num tempo de tanto barulho e confusão, vozes que não cessam, relações sociais, pessoais, virtuais e um tempo que não pára, é preciso treinar os ouvidos para ouvir além do som. Ouvir o silêncio. Pois é nele que, muitas e muitas vezes, Deus fala. O silêncio de Deus não significa, necessariamente, um castigo ou um despreparo ou desmerecimento nosso de ouvir a Sua voz. Significa, simplesmente, que Ele escolhe uma brisa suave, ao invés do vento forte, do terremoto ou do fogo abrasador para falar. Assim, nossos corações é que precisam aprender a ouvir, e não o Senhor mudar o seu jeito soberano e sempre perfeito de se comunicar conosco. Somos nós que precisamos aprender a parar, acalmar, esperar com paciência e confiança. Hora de parar de gritar para poder ouvir. Ele sempre está falando.


"Pai, eu sei que o Teu silêncio só me basta
Que o Teu calar diz mais do que palavras
Mas sabes, no momento, que eu preciso ouvir,
Ouvir Tua voz...

Pai, eu sei que errei e quero te pedir perdão
Talvez o Teu silêncio seja a correção
Talvez eu não esteja tão maduro assim
Pra te ouvir falar

Pai, desesperado clamo Tua compaixão
Não posso suportar a dor da solidão
Sussurra ao menos algo ao meu coração
E então, me diz qual é o meu caminho,
Minha direção
Minh'alma está gritando, pronta pra te ouvir
Renunciei minha vida e hoje estou aqui.

Fala ao meu coração as coisas do Teu coração
Se Tua palavra me fizer chorar,
Sei que é por amor...
Quebra o silêncio, então
E toca-me com Tua mão
Fala com Tua voz de Pai
Dá-me Tua paz...

.......

Filho, eu sempre estou falando pra quem quer ouvir
E mesmo se não falo, sempre estou aqui
Até quando descanso, olho por ti

Filho, se a vida te machuca sofro por ti
Carrego-te nos braços, pode crer!
Confia teu futuro em minhas mãos,
Filho meu!

Sim, esqueça o teu passado, já te perdoei
Por tantas vezes tua vida eu restaurei
Sou eu quem te renova e te faz feliz!

Não, não fique assim gritando,
Pois já estou aqui
Faça silêncio em torno do teu coração
O meu falar é baixo,
Podes não me ouvir...

Dá-me teu coração
As dores do teu coração
Se minha palavra te fizer chorar,
Saiba é por amor!

Dá-me teu coração
As dores do teu coração
Falo com minha voz de Pai
Dou-te a minha paz!

.........

Pai,
Agora eu sei que o Teu silêncio só me basta..."
Continue lendo >> Deixe seu comentário

sábado, agosto 06, 2011

É assim que Deus nos ama!

As pessoas questionam a nossa fé por causa das nossas circunstâncias e problemas. Elas pensam que crer em Deus é uma espécie de seguro com cobertura total contra as dores e dificuldades da vida. Elas escolheram ter uma crendice e não uma fé.

E como os religiosos, do tempo de Jesus, passavam debaixo da cruz e falavam suas tolices, eles olham para nossas vidas e dizem: Se Deus ama você, que o livre agora!

Mas, só mesmo alguém que nunca contemplou o Deus feito homem ensangüentado na cruz pode falar algo assim. Só mesmo quem nunca conheceu a graça de Jesus pode acreditar numa coisa tão mesquinha quanto esta.

Deus provou Seu amor em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores. Ele não esperou que acertássemos a nossa vida, não esperou que nos arrependêssemos, primeiro, não esperou uma promessa de mudança de comportamento. Não esperou, absolutamente, nada! Ele se entregou! Escolheu os cravos! Abraçou a cruz!

E o mais incrível é que não há sacrifícios que Ele peça em troca; porque o Sacrifício dos sacrifícios foi Ele mesmo quem ofereceu: sua própria vida entregue na cruz.

Não há trocas a serem feitas, porque a grande troca já foi feita: Deus fez Jesus pecado por nós, para que nele sejamos feitos justiça de Deus. A dívida que tínhamos e que constava de ordenanças que havíamos quebrado, já foi cancelada de uma vez por todas. Do alto da cruz, em meio a gemidos, dor, suor e sangue, Jesus bradou: Está consumado! Está feito! Está pago!

Nenhuma circunstância da vida, nenhuma ação do inimigo, nenhuma palavra falada contra nós, nenhuma prisão, enfermidade, dificuldade financeira ou calamidade podem nos separar deste amor invencível de Deus. Seu amor é maior que todas as nossas fraquezas, deslizes, quedas, dúvidas, conflitos, culpas ou crises.

Eu sei que não é isso que muitos pensam, mas é isso que Jesus mostrou do alto da cruz. Um amor avassalador e além de toda e qualquer compreensão, um amor apaixonado e além de todas as coisas que qualquer ser humano jamais tenha presenciado ou provado, um amor absolutamente incontrolável e invencível.

A cruz é a prova final e total de que Ele me ama. A cruz é a prova que nada, absolutamente nada pode me separar de Seu amor. A cruz é o fim de toda a inimizade. Deus estava em Cristo, reconciliando consigo os homens, não lhes atribuindo os seus pecados e nos confiou a palavra da reconciliação.
Talvez, alguns de nós tenhamos medo de sermos tão amados assim. Porque como vamos retribuir a isso? E se nós falharmos? E se não pudermos corresponder a tão grande amor? É difícil administrar isso.

Para nós é muito mais fácil ter que merecer, poder pagar, ter como calcular créditos e débitos na nossa “continha” com Deus. Nós não queremos dever nada a ninguém. Nós queremos merecer tudo. Nós queremos justiça. Mas, um amor assim desmonta todos os meus esquemas, simplesmente, porque eu não tenho como merecê-lo, conquistá-lo ou pagar por ele. É grande demais, incondicional demais. É, completamente, incontrolável.

Mas, é assim que Deus nos ama. Ele ama os ingratos, os imperfeitos, os maus, os quebrados, os doentes, os pobres e aqueles que todos odeiam, ama os que não tem como retribuir este amor.

É o amor que vai me buscar no mais alto céu ou no mais profundo abismo. Um amor que me ama em meio a todas as minhas lutas, angústias, depressões, medos, crises e fracassos. E é esse amor que me cura. É esse amor que me restaura. É esse amor que me dá esperança. O amor de Deus.

Pense sobre isto.

Paulo Cardoso
Continue lendo >> Deixe seu comentário

quinta-feira, agosto 04, 2011

Construa pontes em vez de cavar abismos!

Somos construtores de pontes, não cavadores de abismos. Somos ministros da reconciliação, não promotores de contendas. Somos pacificadores, não geradores de intrigas. O ministério da igreja é de aproximação das pessoas e não de afastamento delas. Somos um só corpo e membros uns dos outros. Quando um membro do corpo sofre, todos sofrem com ele; quando um membro é promovido, todos se regozijam com ele. Para isso, precisamos tomar algumas medidas.

Em primeiro lugar, reconhecer que somos falhos e erramos uns com os outros. Não somos uma comunidade de pessoas perfeitas. Nós ainda estamos sujeitos a falhas e tropeçamos em muitas coisas. Isso obviamente não nos dá o direito de errarmos intencionalmente. A vida cristã não nos dá uma imunidade para pecar. Precisamos ser vigilantes para não sermos pedra de tropeço para os nossos irmãos. Porém, o fato de errarmos uns com os outros não anula o fato de que somos uma só família e um só rebanho. O apóstolo Paulo admite que na igreja há momentos em que temos queixa uns dos outros.

Em segundo lugar, reconhecer que o caminho do arrependimento e do perdão é a única forma de construir pontes em vez de cavar abismos. Um cristão demonstra sua maturidade espiritual quando reconhece seu erro e tem disposição de pedir perdão. Não há comunidade saudável sem o exercício do perdão. Somos a comunidade dos perdoados e dos perdoadores. Quem não perdoa não pode orar, não pode ofertar, não pode ser perdoado. Quem não perdoa adoece emocional e fisicamente. A Bíblia diz que precisamos perdoar uns aos outros como Deus em Cristo nos perdoou. Esse perdão deve ser imediato, pleno e definitivo. O perdão sara as feridas, restaura os relacionamentos, produz comunhão e glorifica a relacionamentos, produz comunhão e glorifica a Deus. Ferir uns aos outros ou guardar mágoas produz doença emocional e desavença relacional. É tempo de construirmos pontes em vez de cavarmos abismos em nossos relacionamentos dentro da nossa família e da igreja.

Em terceiro lugar, reconhecer que Deus nos chamou para sermos ministros da reconciliação. Nós fomos chamados para pregarmos a reconciliação do homem com Deus e do homem com o próximo. Nós fomos vocacionados para construirmos pontes em vez de cavarmos abismos. Os filhos do Reino são pacificadores e os pacificadores são chamados filhos de Deus. A Bíblia diz que o amor cobre multidão de pecados. Quem ama busca a reconciliação.

Em quarto lugar, reconhecer que nenhuma vitória tem gosto de vitória se a comunhão fraternal é quebrada. A única vitória que glorifica o nome de Cristo é a decisão de restaurar o que foi quebrado, de aproximar o que foi afastado. Paulo diz: “no que depender de vós, tende paz com todos os homens”. Ainda diz que se preciso for, devemos sofrer o dano para construir as pontes da reconciliação. A Palavra de Deus diz que devemos ter o mesmo sentimento que houve também em Cristo. Ele não revidou ultraje com ultraje. Ele rogou ao Pai que perdoasse seus algozes e até mesmo atenuou-lhes a culpa, dizendo que eles não sabiam o que estavam fazendo. A Bíblia inteira é um apelo à reconciliação com Deus e a reconciliação fraternal. O apóstolo Paulo chega a afirmar que se não houver perdão dentro da igreja, Satanás leva vantagem sobre nós. Que Deus nos ajude a amar uns aos outros, a dar a nossa vida uns pelos outros, a perdoar uns aos outros como Deus em Cristo nos perdoou e a construirmos pontes em vez de cavarmos abismos.
Continue lendo >> Deixe seu comentário

terça-feira, agosto 02, 2011

Julgamento de Deus

Deus nunca pode aprovar o pecado, mas deseja recompensar aqueles que o seguem.
No conflito moral que agora se enfurece à nossa volta, quem estiver ao lado de Deus estará do lado vencedor e não poderá perder; quem estiver do outro lado estará do lado perdedor e não poderá vencer.
Aqui não há o acaso, não há apostas. Existe a liberdade de escolher de que lado desejamos ficar, mas não há a liberdade de negociar os resultados daquela escolha, uma vez que ela seja feita.
Pela misericórdia de Deus, podemos nos arrepender de uma escolha errada e alterar as consequências fazendo uma nova escolha, a correta.
Nada mais podemos realizar. Todo assunto da escolha moral está centrada em Jesus. Cristo afirmou claramente: "Quem não é comigo é contra mim"," Ninguém vem ao Pai senão por mim".
A mensagem do evangelho reúne três elementos distintos: um anúncio, uma ordem e uma convocação. Anuncia as boas novas da redenção realizada pela misericórdia; Ordena que todos os homens, de todos os lugares, se arrependam, e convoca todos os homens para que se rendam aos termos da graça, crendo em Jesus Cristo como Senhor e Salvador.
Todos precisamos decidir se vamos obedecer ao evangelho, ou se vamos voltar as costas, com descrença e rejeitar a sua autoridade. A escolha é nossa, mas as consequências da escolha já foram determinadas pela vontade soberana de Deus, enquanto a isso não há apelação.

Max Lucado
Continue lendo >> Deixe seu comentário

ADORADORAS

ADORADORAS
A mulher virtuosa é o elo que liga marido e filhos. A mulher virtuosa é a arca que Deus preparou para salvar o homem dos dilúvios da vida. A mulher virtuosa é o canal por onde flui a graça de Deus que encoraja marido e filhos. A mulher virtuosa é a resposta de Deus à necessidade do homem de carinho, aconchego e proteção. A mulher virtuosa é o espelho que ajuda o homem a melhorar, crescer e se desenvolver nas múltiplas áreas da vida. A mulher virtuosa é o porto seguro para os filhos durante os vendavais da vida. A mulher virtuosa é promotora da alegria dentro do relacionamento familiar. A mulher é o instrumento que Deus escolheu para que cada um de nós viesse a existir. Que Deus abençoe as mulheres hoje e sempre!

O ERRO DO FEMINISMO...

O ERRO DO FEMINISMO...
"é crer no valor do trabalho como maior que o valor do lar."

O VERDADEIRO SUCESSO...

O VERDADEIRO SUCESSO...
"Nenhum sucesso na vida compensa o fracasso no lar."

SER MULHER É UM PRIVILÉGIO E UMA NOBRE MISSÃO...

SER MULHER É UM PRIVILÉGIO E UMA NOBRE MISSÃO...
"Ao redescobrir e aceitar a profundidade, abrangência e transcendência do seu papel de ajudadora, a mulher se liberta e se realiza. Ela vê oportunidade em lugar de obrigação. Deixa de competir para completar. Ser mulher é um privilégio e uma nobre missão"

Seguidores

Tú serás Honrada

Tú serás Honrada
“O Espírito do Senhor Deus está sobre mim; porque o Senhor me ungiu, para pregar boas novas aos mansos; enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos, e a abertura de prisão aos presos; A apregoar o ano aceitável do Senhor e o dia da vingança do nosso Deus; a consolar todos os tristes; A ordenar acerca dos tristes de Sião que se lhes dê glória em vez de cinza, óleo de gozo em vez de tristeza, vestes de louvor em vez de espírito angustiado; a fim de que se chamem árvores de justiça, plantações do Senhor, para que ele seja glorificado. E edificarão os lugares antigamente assolados, e restaurarão os anteriormente destruídos, e renovarão as cidades assoladas, destruídas de geração em geração. (…) Em lugar da vossa vergonha tereis dupla honra; e em lugar da afronta exultareis na vossa parte; por isso na sua terra possuirão o dobro, e terão perpétua alegria” … Isaías 61

Temos um Chamado

Temos um Chamado
“Deus, que nos salvou e nos chamou com santa vocação; não segundo as nossas obras, mas conforme a sua própria determinação e graça que nos foi dada em Cristo Jesus, antes dos tempos eternos” (2 Tm 1:9).

MISSÃO DIVINA...

MISSÃO DIVINA...
"Então poderão ensinar as mulheres novas a amarem seus maridos e filhos, a serem sensatas, honestas, boas donas de casa, bondosas, submissas a seus maridos, para que a Palavra não seja blasfemada" (Tito 2:4-5)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Popular Posts

 

Adoradoras Copyright © 2011 | Template design by Adoradoras | Powered by Blogger Templates